Desgate dos Pneus – Como Evitar?

Esse desgaste prematuro dos seus pneus influência diretamente na segurança do seu veículo e na melhora de autonomia do seu carro. Aprenda abaixo algumas ótimas dicas para evitar prejuízos e economizar!

O problema de pneus se desgastando de forma mais rápida pode ser causados por vários motivos e a não atenção dos condutores a este fato pode causar graves problemas como acidentes graves,

Mas há vários fatores que você pode analisar para saber se o seu pneu está ou não desgastado.

Como acontece em grande parte das vezes o maior responsável por este desgaste é o próprio condutor

e podemos nos atentar isso vendo um fato de que duas pessoas comprando pneus da mesma merca,

e a vida útil dos pneus serem totalmente diferente uma da outra. Esse problema ocorre devido a certa maneira que cada motorista tem de dirigir e de realizar manutenção em seu carro.

1° – Realize a calibragem dos pneus com frequência

Procure sempre realizar a aferição da pressão dos seus pneus pois isso é algo de suma importância, além de melhorar ainda mais o desempenho do carro,

contribui para a melhoria de autonomia do veículo e tem outro ponto chave no quesito de aumentar ainda mais a segurança.

Os pneus com pressão desregulada além de oferecer um risco maior ao motorista também pode trazer prejuízos grandes,

pois aumentam de forma absurda o consumo de combustível além de comprometer diretamente a estrutura os pneus, diminuindo drasticamente o tempo de vida útil dos mesmos.

A quantidade de pressão ideal dos pneus varia de acordo com o tipo de carro e pneu utilizado, verifique com o fabricante qual o valor certo.

2° – Mantenha sempre o alinhamento e balanceamento em dia

Para seu veículo, o serviço de alinhamento é de suma importância e deve ser feito regularmente,

você consegue perceber a necessidade de alinhar o seu veículo quando você sente que o veiculo não consegue se manter em linha reta e começa a puxar para um dos lados.

Na maioria das vezes, é feito sempre o alinhamento e balanceamento pois não é possível realizar o balanceamento somente dos pneus, e sim das rodas e pneu.

E esse balanceamento tem como objetivo retirar qualquer trepidação que venha a ocorrer na direção e mantê-la mais suave para a condução do veículo.

Contribui para o aumento da segurança e ainda trás uma certa economia de combustível para seu carro.

3° – Realize o rodízio dos pneus

Como grande parte dos veículos vendidos pelas montadoras no Brasil são de tração dianteira, geralmente eles são os que mais se desgastam comparados com os pneus da roda traseira,

devido a força do motor serem aplicadas diretamente a ele como o esforço da direção e torque vindo do motor.

Esse rodízio ajuda a dar mais equilíbrio no desgaste dos pneus, fazendo assim que todo o conjunto tenha uma vida útil maior.

Esse modo de como deve ser feito o rodízio varia de veículo para veículo pois veículos com tração dianteira ou traseira,

ou até mesmo pneus que são direcionais com medidas diferentes então cada carro possui um tipo de rodízio diferente,

e consulte sempre um profissional para que ele estude e veja qual a melhor forma para seu veículo.

4º – Evite arrancadas e freadas repentinas

Fazer arrancadas e freadas de forma repentina pode aumentar bastante o desgaste dos seus pneus, isso acontece por causa do atrito muito elevado entre o solo e o pneu,

e que acontece principalmente quando o motorista faz o seu “ pneu cantar “ .

Tenha atenção com esses tipos de práticas, pois interferem diretamente no desgaste dos seus pneus e, além disso, aumentam o consumo de combustível e prejudicam diretamente os freios do seu veículo.

5° – Atenção na substituição dos seus pneus

Caso ocorra a necessidade de realizar um troca de um pneu furado ou até mesmo de um pneu que se desgastou mais que todo o conjunto,

é de suma importância que você coloque um pneu da mesma marca e do tamanho mais alinhado possível com o antigo pois existem pneus de todos os tipos e uns são bem diferentes dos outros,

tome os cuidados acima que garantimos que o seu pneu vai ter daqui para frente um tempo de vida muito maior.

Obrigado por ler até aqui? Deixe o seu comentário abaixo!

Leia também!

Dicas para Comprar um Bom Carro Usado

Deixe uma resposta