Afinal, quando o consórcio vale a pena?

Navegue de forma fácil

O Consórcio é sem dúvida alguma, uma das maneiras mais fáceis que as pessoas têm para adquirir aquele bem durável que elas tanto almejam, seja um carro, uma moto ou até mesmo uma casa.

Contudo, elas não querem pagar as taxas altíssimas que há no financiamento, por isso, elas recorrem ao consórcio. Mas eis a questão: afinal, quando o consórcio vale a pena? Por isso, neste artigo iremos debater um pouco sobre essa questão, embora seja um pouco subjetiva. 

Como consigo ser contemplado? 

A contemplação ocorre mensalmente, para algumas pessoas do grupo no qual você está inserido. Ser contemplado significa receber o bem durável que você optou, antes mesmo de pagar todas as parcelas do consórcio. 

Há algumas maneiras de ser contemplado, isso vai variar de administradora para administradora de consórcio. Mas a mais comum – e mais fácil – é por sorteio, digo fácil por conta que você não precisa realizar investimento algum, mas claro, conta fortemente com o fator sorte para conseguir ser contemplado, embora complicado, às chances de ser contemplado são reais. 

Outra maneira é lance fixo ou lance livre. No lance fixo, você deverá pagar o lance fixo que foi estabelecido para aquele consórcio, vamos supor que você fez o consórcio de uma moto, no valor de 15 mil reais e, o lance fixo dela é de 3 mil reais, ou seja, se você pagar 3 mil reais, você já consegue ter a moto antes mesmo do prazo final. E o lance livre é quando você escolhe o valor que quer dar e, se o valor for o mais alto entre as pessoas do seu grupo, você ganha.

E agora chegou a resposta da pergunta, quando o consórcio vale a pena?

O Consórcio vale a pena no momento que você deseja ter um bem durável mas não tem o dinheiro para comprar à vista. E também, ele é uma excelente opção de investimento a longo prazo, principalmente se for consórcio de imóvel – pois como se sabe, imóvel sempre tem um alto valor – 

Por isso, o consórcio irá sair na frente, principalmente, por conta que não cobra juros e os valores do bem que você deseja adquirir sempre são corrigidos de acordo com a cotação atual. Isto é, você adquirindo uma cota de consórcio hoje, de uma moto que é avaliada em 20 mil reais, se daqui 1 ano, tal moto tiver uma elevação no preço e passar a custar 25 mil reais, a sua cota no consórcio também será atualizada, a fim de você não sair ‘perdendo’.

E por isso, o consórcio é a melhor saída para quem não quer ter prejuízo e não quer pagar os juros altíssimos dos bancos. Mas vale lembrar, que é preciso ter paciência, mas uma hora você será contemplado e verá que valeu a pena toda espera.

Consórcio De Moto Compre Sem Pagar Juros