Antes de Escolher o Seguro do Seu Veículo, Leia Este Artigo

Navegue de forma fácil

Diariamente várias ocorrências envolvendo veículos acontecem em todo o Brasil, seja roubos, furtos ou acidentes de trânsito. E tudo isso por vários motivos diferentes, seja a falta de estrutura nas estradas, a imprudência dos motoristas ou a violência na qual o país está imerso. 

Por conta disso, ter um bom seguro é ideal para todo motorista que deseja rodar mais tranquilo pelas ruas, pois ele sabe, que mesmo se algo ocorrer, o seguro deve ajudá-lo a resolver o problema. 

Mas antes de contratar um seguro, é importante entender como ele funciona, já que nem todo seguro é igual. É de suma importância saber se ele cobre todos os danos também, além de inúmeras outras peculiaridades. Por isso, leia com atenção este artigo antes de contratar.

Como funcionam os seguros?

Cada seguro é diferente, já que depende de vários fatores, como o modelo do carro, o ano de fabricação e também a exposição do mesmo ao perigo. Vamos supor, um carro que fica na garagem a maior parte do tempo, provavelmente, não irá correr tanto risco de algum sinistro ocorrer com ele se for comparar com alguém que usa o carro para trabalhar diariamente. Por conta de todos estes fatores o valor do seguro pode variar. 

E o valor e a modalidade do seguro e a cobertura que o mesmo oferece, depende bastante da seguradora em questão. Por isso, entenda as modalidades de seguro que há.

TIPOS DE SEGURO

Há 4 tipos

  • Seguro compreensivo 
  • seguro contra roubo e furto
  • seguro de terceiros
  • seguro de acidente com passageiros

Cada um oferece um tipo diferente de proteção e, claro, o valor também muda bastante. Vamos falar sobre cada modalidade agora.

Seguro compreensivo

Este seguro é um dos mais completos que há em todo o mercado, pois ele se responsabiliza por praticamente quase todos os danos, até mesmo por roubo e furto, seja total ou parcial. No caso, o parcial, é quando apenas certas partes do veículos são roubadas. 

Seguro contra roubo e furto

O Seguro contra roubo e furto também cobre tais ações. Mas vale salientar a diferença exata entre cada um, já que o próprio código penal faz uma diferença bem específica entre ambos. Para leigos, basta saber, no roubo, há violência, no furto, não. Na maioria das vezes, ninguém nem percebe de imediato que foi furtado.

Seguro de terceiros

Como o próprio nome já diz, é o seguro para pagar danos causados a terceiros, isto é, se você bateu no carro de alguém e acabou danificando, este seguro iria cobrir todos os prejuízos. 

Seguro passageiro

Este seguro é ideal para quem trabalha transportando pessoas, pois pode ajudar bastante em casos de acidentes graves, onde a vítima de fato teve um prejuízo grande, geralmente, físico. Isto é, quem é Uber, Taxista, ter um seguro desses é a garantia que você estará protegido e seus clientes também.

A maioria dos seguros cobrem várias coisas, como morte, invalidez e despesas médicas. Portanto, no momento em que você oferece um seguro desses para seus clientes, você está gerando muito mais confiança sobre o seu trabalho.

Considerações finais

Agora que você já sabe exatamente o que tem em cada seguro, chegou a hora de assinar um. Mas preste bastante atenção em cada ponto do contrato, para que posteriormente você não venha ter nenhuma dor de cabeça. Leia com bastante cautela cada cobertura que o seguro oferece, para posteriormente não se arrepender. E claro, sempre vale a pena conferir o valor de outros seguros do mercado e contratar aquele que melhor lhe atende. E lembre-se sempre, o preço da prevenção, é muito menor do que o preço do prejuízo.