Site falso de leilão: dicas para não cair no golpe

Navegue de forma fácil

De acordo com pesquisas realizadas, somente no último ano mais de 60 mil pessoas foram lesadas através de sites falsos de leilão. Com ofertas imperdíveis, que enquanto achavam que estavam fazendo um bom negócio, na verdade, estavam caindo numa grande furada.

Veja algumas dicas para evitar cair nesses golpes e compartilhe com o maior número de pessoas possível! 

Como surgiu?

Desde sempre existiram os sites falsos de leilão, entretanto, com o advento da covid-19, o número cresceu de maneira extraordinária. Grandes casas de leilão tiveram que migrar para as vias online, e isso, abriu uma grande brecha de fraude.

Visto que muitos criminosos clonaram sites confiáveis e fizeram parecer oficiais e reais; a fim de enganar usuários leigos; e isso não ocorreu somente com pessoas desconhecidas, inclusive com um grande influenciador cristão.

Entretanto, existem alguns passos que podem ser realizados, a fim de driblar esses malfeitores e se livrar desses golpes. Confira algumas dicas.

  • Importante: De acordo com informações obtidas do Sindicato dos Leiloeiros, apenas no Estado de São Paulo, mais de 400 páginas criminosas foram feitas

Layout do site

Embora o layout não diga muita coisa, visto que o trabalho de alguns criminosos é impecável, é uma excelente opção averiguar o layout e ortografia das informações descritas no site. Visto que muitos criminosos redigem informações de maneira equivocada, com erros na gramática e alguns outros pontos fáceis de serem destacados a olho nu.

Além disso, no rodapé do site existem informações de contato e complementares, que podem ser usadas para averiguar se há ou não crime; visto que sites falsos de leilão, em geral, possuem telefone de contato fictícios e que se iniciam em 0800 ou 4000.

  • Importante: números VOIP são adquiridos por criminosos devido a facilidade de uso e camuflagem de dados

Nome do site

Em geral, os sites credenciados pelo Sindicato de Leilões possuem suas empresas e marcas em seu próprio nome; visto que são oficializados pela Junta dos Leiloeiros; sendo válido ressaltar que é necessário ter autorização pública para realizar leilões.

Dessa maneira, algumas empresas de leilões embora tenha um nome universal, mas dentro de sua equipe têm colaboradores credenciados para realização do leilão de motos.

Ademais, é somente um dado a mais a ser usado como fator discriminante; visto que existem casas de leilão confiáveis que utilizam nomes fantasiosos ou uma marca para representar um ou algum grupo de leiloeiros. 

Como se prevenir?

A melhor maneira é seguindo as dicas acima, entretanto, o auxílio da ferramenta Leilão Seguro ajuda bastante. É um site que disponibiliza aos candidatos um enorme banco de dados para obter informações sobre qualquer empresa de leilão.

E assim, é possível ver se a página é credenciada, se existem denúncias no CNPJ ou Nome social da empresa e demais vertentes; visto é de simples acesso e qualquer pessoa pode utilizá-la gratuitamente.

  • Entre no site Leilão Seguro
  • Preencha o endereço do site ou informações de contato
  • Clique em buscar

Rapidamente será feita uma leitura do banco de dados e possíveis fraudes e informações falsas serão averiguadas, escaneadas e exibidas para o usuário; dessa maneira, é uma ferramenta simples, rápida e objetiva para se livrar dos sites falsos de leilão.